J.Moreno – Artista plástico

Nascido em Petrópolis, (26 de março de 1952), Jaime Moreno, sou um típico ariano. Jornalista diagramador por profissão, sempre fui uma pessoa multimídia, trabalhando em jornal, publicidade, vídeo. No passado tive como mentores a artista plástica Cibele Varela, Victor Brumlick e Vin Van Dick. Participei de algumas amostras de desenho e pintura no Centro de Cultura, mas a minha primeira exposição aconteceu em 1992 no Saguão dos Correios e Telégrafos. Em 1994 uma amostra de pintura no Hall de entrada do antigo Banco do Estado de São Paulo (Banestado), outra exposição em 1996 nos Correios e Telégrafo. Em 2014 fiz a Mostra “ArtEpifania” no Centro de Cultura Raul de Leoni, em Petrópolis.

Algumas obras minhas foram compradas e levadas para a Europa, e Estados Unidos, outras se encontram em algum lugar deste Brasil.

Mas a inspiração e a minha imaginação borbulhante levaram-me também para os meandros da literatura e, usando o pseudônimo literário de John Dekowes, passei a escrever livros do gênero de ficção científica.

Em meados de 2010 depois de muito pensar, tive uma centelha de epifania e durante os 4 anos seguintes fui amadurecendo as ideias; recomeçando a pintar novamente com intensidade, no mesmo estilo expressionista do passado —, na época sob a influência da pintura de Jackson Pollock — mas trazendo algo novo agora.

Desta vez busco expurgar de mim todos os sentimentos e experiências aprisionados desde muito tempo. A minha pintura atual é uma visão expressionista do mundo contemporâneo e a sua complexa exteriorização possessiva gerada pela riqueza e a violência; a mostra inconsciente da humanidade que luta pela necessidade de ser livre, mas continua condicionada aos padrões do passado. E a minha obra evolui além da natureza humana, extrapolando através do processo criativo transcender a realidade para a dimensão do inconsciente coletivo, procurando esconder as emoções avassaladoras de todos nós.